O blog GTC MOSSORÓ procura por correspondentes em outras cidades para colaborar com nossas postagens diárias. Envie-nos fotos; relate o FATO; ENTRE EM CONTATO. Desde já,agradecemos a colaboração! VENHA FAZER PARTE DESTA EQUIPE! Interessados enviar e-mails para gtcmossoro@gmail.com,gtcmossoro@hotmail.com, SKYPE - gtcmossoro

Pesquisar este blog

UTILIDADES PÚBLICAS

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Falso empresário aplica golpe de mais de R$ 100 mil no interior



 (Divulgação/O Câmera)
Um falso empresário identificado por Francisco José de Carvalho, de 39 anos, natural de Jaguaruana, no vizinho Estado do Ceará, foi preso na noite de segunda-feira passada, 26, em sua residência sob acusação de ter aplicado vários golpes em Mossoró.

Segundo estimativas do Delegado Regional Edvan Queiroz, o crime pode ter causado um prejuízo de mais de R$ 100 mil reais, apenas na cidade de Mossoró.

Segundo o delegado Edvan, que lavrou a prisão em flagrante, o falso empresário pode ter enganado mais pessoas. A polícia está levantando informações de que ele já aplicou golpes nos Estados do Ceará, Goiás e Rio Grande do Norte.

Segundo denúncias das vítimas, Francisco José utilizava uma revenda de veículos para aplicar golpes. Ele está sendo acusado de revender o mesmo veículo para várias pessoas ao mesmo tempo e de não entregar o pagamento aos proprietários dos automóveis.

Outra modalidade de crime ao qual ele está sendo acusado é de clonar cartões, inclusive da mãe da própria namorada, onde ele chegou a desviar mais de R$ 10 mil; de pegar dinheiro emprestado e não pagar; de realizar financiamento fraudulentos; de fazer saques indevidos; e de estelionato.

Há informações que o falsário também teria adquirido pousadas em Majorlândia, no Ceará e em Paraupebas, no Pará. As informações ainda estão sendo checadas.

O suspeito foi preso por um agente da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), com o auxílio de um agente penitenciário estadual, que teve uma sobrinha enganada pelo falso empresário. “Nós só conseguimos mantê-lo preso em flagrante porque a vítima agiu rápido e informou à polícia. Caso contrário ele estaria livre para aplicar mais golpes”, declarou o delgado.

Linchamento – Durante o período em que estava sendo autuado em flagrante, na Delegacia de Plantão no Alto de São Manoel, as vítimas de Francisco José ainda tentaram linchá-lo, mas foram contidos pelos policiais de plantão.

O acusado de estelionato está preso no Centro de Detenção Provisório Masculino de Mossoró (CDPMM) à disposição da Justiça.

Agentes penitenciários informaram que Francisco José chegou a solicitar a presença de um advogado, mas que o jurista se recusou a defender o suspeito porque ele disse que só pagaria pelos serviços advocatícios depois que estivesse em liberdade.

FONTE : DN ONLINE

Nenhum comentário: